CONCURSO UFBA SALVADOR BA 2017 EDITAL

10:34


 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
GABINETE DA REITORIA

EDITAL Nº 02/2016
CONCURSO PÚBLICO PARA SERVIDOR TÉCNICO-ADMINISTRATIVO
O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições estatutárias, tendo em
vista o disposto no Artigo 37, Inciso II, da Constituição Federal, no Decreto nº 6.944/2009, no Decreto nº
7.232/2010 e na Portaria Interministerial do MP nº 111, DOU de 03/04/2014, torna público que estarão abertas
as inscrições no Concurso Público para Servidores Técnico Administrativos da Universidade Federal da Bahia
(UFBA), para provimento de cargo do Quadro Permanente de Pessoal Técnico-Administrativo desta
Universidade, observados os termos da Lei nº 8.112/1990 e do Plano de Carreira dos Cargos TécnicoAdministrativos
em Educação, aprovado pela Lei nº 11.091/2005, alterada pelas Leis nos 11.233/2005 e
11.784/2008, da Lei nº 12.772/2012, alterada pela Lei nº 12.863/2013, dos Decretos nos 6.135/2007 e
6.593/2008, bem como as disposições do Estatuto e do Regimento Geral desta Universidade, mediante as
normas e condições contidas neste Edital.
1. Das Disposições Preliminares
1.1. Cargo
INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE – IMS - VITÓRIA DA CONQUISTA
 NÍVEL MÉDIO - CLASSE D
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
ASSISTENTE EM
ADMINISTRAÇÃO
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo
40
TÉCNICO DE
TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico na Área
de TI.
40
*AC: Ampla Concorrência; VN: Vagas Negros; PCD: Pessoa com Deficiência; TV: Total de Vagas; CH:
Carga Horária
CAMPUS DE SALVADOR - NÍVEL SUPERIOR - CLASSE E
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
ADMINISTRADOR 2 0 0 2 Curso Superior em
Administração.
40

2
CAMPUS DE SALVADOR - NÍVEL SUPERIOR - CLASSE E
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
ANALISTA DE
TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO/ANALIST
A DE
DESENVOLVIMENTO
1 0 0 1 Curso de Graduação na
área de Tecnologia da
Informação.
40
ANALISTA DE
TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO/ANALIST
A DE INFRAESTRUTURA
1 0 0 1 Curso de Graduação na
área de Tecnologia da
Informação.
40
ANALISTA DE
TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO/ANALIST
A DE NEGÓCIOS
1 0 0 1 Curso de Graduação na
área de Tecnologia da
Informação.
40
ASSISTENTE SOCIAL 1 0 0 1 Curso Superior em
Serviço Social.
40
BIBLIOTECÁRIO/DOCU
MENTALISTA
3 1 1 5 Curso Superior em
Biblioteconomia ou
Ciências da Informação.
40
BIÓLOGO/MICROBIOLO
GIA
1 0 0 1 Curso Superior em
Biologia
40
CONTADOR 1 0 0 1 Curso Superior em
Ciências Contábeis
40
ENGENHEIRO
AGRÔNOMO
1 0 0 1 Curso Superior em
Engenharia Agronômica.
Registro no Conselho
Regional de Engenharia
e Agronomia.
40
ENGENHEIRO
SANITARISTA E
AMBIENTAL
1 0 0 1 Curso Superior em
Engenharia Sanitária e
Ambiental e registro no
Conselho Regional de
Engenharia e
Agronomia.
40
FISIOTERAPEUTA 2 0 0 2 Curso Superior em
Fisioterapia
40
FONOAUDIÓLOGO 1 0 0 1 Curso Superior em
Fonoaudiologia,
devidamente reconhecido
pelo Conselho Regional
de Fonoaudiologia
30

3
CAMPUS DE SALVADOR - NÍVEL SUPERIOR - CLASSE E
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
JORNALISTA 2 0 0 2 Curso Superior em
Jornalismo ou
Comunicação Social com
habilitação em
Jornalismo.
25
MÉDICO
VETERINÁRIO/ÁREA DE
ALIMENTOS
1 0 0 1 Graduação em Medicina
Veterinária, com pósgraduação
na área de
alimentos (inspeção,
tecnologia, microbiologia
ou áreas afins)
**20
(conf.
Port. nº
97, de
17/02/2
012)
MÉDICO
VETERINÁRIO/CLÍNICA
MÉDICA VETERINÁRIA
DE ANIMAIS
SELVAGENS,
SILVESTRES E
EXÓTICOS
1 0 0 1 Graduação em Medicina
Veterinária,
experiência de exercício
profissional comprovado em
carteira de trabalho ou documento
equivalente de no mínimo
24 meses ou de conclusão
de R1 e R2 (Residências)
 reconhecida pelo MEC,
 na área de clínica médica
veterinária e cirurgia dos animais
 selvagens, silvestres e
 exóticos.
**20
(conf.
Port. nº
97, de
17/02/2
012)
MÉDICO/OFTALMOLOGIST
A
1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina e Residência
e/ou especialização em
Oftalmologia.
20
MÉDICO/PSIQUIATRA 1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina com
Residência e/ou
Especialização em
Psiquiatria.
20
MÉDICO/CLÍNICA
MÉDICA
1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina e Residência
e/ou especialização em
Clínica Médica.
20
MÉDICO/GERIATRA 1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina com
Residência e/ou
especialização em
Geriatria.
20

4
CAMPUS DE SALVADOR - NÍVEL SUPERIOR - CLASSE E
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
MÉDICO/CARDIOLOGIS
TA
1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina com
Residência e/ou
Especialização em
Cardiologia.
20
MÉDICO/HOMEOPATA 1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina com
Residência e/ou
Especialização em
Homeopatia.
20
MÉDICO/ORTOPEDISTA 1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina com
Residência e/ou
Especialização em
Ortopedia.
20
MÉDICO DO TRABALHO 1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina com
Residência e/ou
Especialização em
Medicina do Trabalho.
20
MÉDICO/ACUPUNTURIS
TA
1 0 0 1 Curso Superior em
Medicina com
Residência e/ou
Especialização em
Acupuntura.
20
MUSEÓLOGO 1 0 0 1 Curso Superior em
Museologia.
40
MÚSICO/VIOLA 1 0 0 1 Curso Superior em
Música.
25
MÚSICO/VIOLINO 1 0 0 1 Curso Superior em
Música.
25
MÚSICO/CONTRABAIXO 1 0 0 1 Curso Superior em
Música.
25
MÚSICO/TROMPA 1 0 0 1 Curso Superior em
Música.
25
MÚSICO/CLARINETA 1 0 0 1 Curso Superior em
Música.
25
PEDAGOGO 2 0 0 2 Curso Superior em
Pedagogia
40
PRODUTOR CULTURAL 1 0 0 1 Curso Superior em
Comunicação Social ou
Produção Cultural.
40

5
CAMPUS DE SALVADOR - NÍVEL SUPERIOR - CLASSE E
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
PSICÓLOGO/CLÍNICO 2 0 0 2 Curso Superior em
Psicologia.
40
RESTAURADOR/ÁREA 1 0 0 1 Graduação em
Restauração ou Artes
Plásticas, ou Licenciatura
em Desenho e Plástica ou
Museologia ou
Arquitetura. Em relação
a estas 4 últimas
profissões, o candidato
deverá comprovar o
mínimo de 3 anos de
experiência na área.
40
TÉCNICO EM ASSUNTOS
EDUCACIONAIS
2 0 0 2 Curso Superior de
Licenciatura
40
TERAPEUTA
OCUPACIONAL
1 0 0 1 Curso Superior em
Terapia Ocupacional
com Residência e/ou
Especialização em Saúde
do Trabalhador ou Saúde
Mental.
30
*AC: Ampla Concorrência; VN: Vagas Negros; PCD: Pessoa com Deficiência; TV: Total de Vagas; CH:
Carga Horária
** O regime de trabalho poderá ser alterado para 40h semanais, em virtude da necessidade da
Instituição.
CAMPUS DE SALVADOR – NÍVEL INTERMEDIÁRIO – CLASSE D
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
ASSISTENTE DE
DIREÇÃO E PRODUÇÃO
1 0 0 1 Médio Completo 40
ASSISTENTE EM
ADMINISTRAÇÃO
75 20 5 100 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo
40
TÉCNICO EM
CONTABILIDADE
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico, na área
40

6
CAMPUS DE SALVADOR – NÍVEL INTERMEDIÁRIO – CLASSE D
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
TÉCNICO DE
LABORATÓRIO/ANÁLIS
ES CLÍNICAS
(HOSPITAL
VETERINÁRIO)
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico, na área
40
TÉCNICO DE
LABORATÓRIO/ANÁLIS
ES CLÍNICAS
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico, na área
40
TÉCNICO DE
LABORATÓRIO/QUÍMIC
A
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico, na área
40
TÉCNICO DE
TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO/TÉCNICO
DE INFRAESTRUTURA
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico na Área
de TI.
40
TÉCNICO DE
TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO
2 1 0 3 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico na Área
de TI.
40
TÉCNICO EM
ANATOMIA E
NECROPSIA
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo
40
TÉCNICO EM
ANATOMIA E
NECROPSIA (ESCOLA
DE MEDICINA
VETERINÁRIA)
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo
40
TÉCNICO EM
ENFERMAGEM
2 0 0 2 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico, na área
40
TÉCNICO EM
RADIOLOGIA
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico, na área
24
TÉCNICO EM
SEGURANÇA DO
TRABALHO
1 0 0 1 Médio Profissionalizante
ou Médio Completo mais
Curso Técnico na área.
40

7
CAMPUS DE SALVADOR – NÍVEL INTERMEDIÁRIO – CLASSE D
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
TRADUTOR E
INTÉRPRETE DE
LINGUAGEM DE SINAIS
- LIBRAS
2 0 0 2 Médio completo mais
comprovante de
aprovação em exame de
proficiência, promovido
pelo MEC ou Certificado
de Proficiência em
LIBRAS, expedido por
Instituição de Ensino
reconhecida pelo MEC.
(Curso Letras Libras,
PROLIBRAS/MEC ou
outros cursos e exames
devidamente
credenciados).
40
*AC: Ampla Concorrência; VN: Vagas Negros; PCD: Pessoa com Deficiência; TV: Total de Vagas; CH:
Carga Horária
CAMPUS DE SALVADOR – NÍVEL INTERMEDIÁRIO – CLASSE C
CARGO /
ESPECIALIDADE
*AC *VN *PCD *TV REQUISITOS /
ESPECIALIDADE
PARA INGRESSO
*CH
ASSISTENTE DE
LABORATÓRIO
2 0 0 2 Fundamental Completo. 40
AUXILIAR EM
ADMINISTRAÇÃO
2 1 0 3 Fundamental Completo. 40
CENOTÉCNICO 1 0 0 1 Médio Completo e Curso
Técnico
Profissionalizante de
Nível Médio
40
CONTRAMESTRE 1 0 0 1 Fundamental Completo,
mais experiência mínima
de 2 anos.
40
*AC: Ampla Concorrência; VN: Vagas Negros; PCD: Pessoa com Deficiência; TV: Total de Vagas; CH:
Carga Horária
 1.2. Para todos os cargos constantes do item 1.1, o candidato deve apresentar também inscrição no
correspondente Conselho Regional, quando houver, e comprovante de regularidade.
1.3. A descrição sumária das atividades dos cargos consta do Anexo I, publicado em
www.concursos.ufba.br
1.3.1. Os Conteúdos Programáticos da prova escrita serão publicados após a assinatura do contrato com
a empresa vencedora da licitação e antes da abertura das inscrições.
1.4. O Concurso será realizado por empresa especializada em execução de concursos públicos, a ser
contratada de acordo com a legislação vigente e conforme Norma Complementar a ser publicada após

8
a assinatura do contrato com a empresa vencedora da licitação e antes da abertura das inscrições, sob a
coordenação da CDH - Coordenação de Desenvolvimento Humano, da PRODEP -Pró-Reitoria de
Desenvolvimento de Pessoas.
 1.4.1. Os candidatos de Vitória da Conquista podem procurar o posto de atendimento no seguinte
endereço:
IMS/CAT- Instituto Multidisciplinar de Saúde – Campus Anísio Teixeira – Rua Rio de
Contas, 58, quadra 17 – Universitário – Vitória da Conquista. Telefone (77) 3429-
2709
1.5. Todas as informações e dúvidas relativas a este Concurso podem ser resolvidas no endereço eletrônico
www.concursos.ufba.br, ou no NUSEL – Núcleo de Seleção, da CDH/PRODEP, no telefone 71-3283-
6406, das 8h às 17h ou e-mail: nusel@ufba.br.
1.6. Os candidatos selecionados serão nomeados sob o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da
União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais, previsto na Lei nº 8.112/1990 e Lei nº
11.091/2005, alterada pelas Leis nº 11.233/2005 e 11.784/2008.
1.7. O regime de trabalho é de 40 horas semanais, exceto para os cargos que tenham jornada diferenciada,
estabelecida em lei.
1.7.1. Para os cargos de Médico Veterinário/Área de Alimentos e Médico Veterinário/Clínica Médica
Veterinária de Animais Selvagens, Silvestres e Exóticos, o regime de trabalho poderá ser alterado
para 40 horas semanais, em virtude da necessidade da Instituição.
1.7.2. Para o cargo de Médico Veterinário/Clínica Médica Veterinária de Animais Selvagens, Silvestres
e Exóticos, em virtude de eventual necessidade da Instituição, o profissional poderá atender à
Clínica de Pequenos Animais.
1.8. A jornada de trabalho poderá ocorrer durante o turno diurno e/ou noturno, com períodos de 8 horas
diárias, compreendidos entre 7 horas e 22 horas e 30 minutos, ou, ainda, em regime de plantão, de
acordo com as necessidades da Instituição.
1.9. Os candidatos selecionados serão lotados no campus de sua opção e, na cidade do Salvador, em
qualquer Unidade/Órgão, exclusivamente no interesse da Instituição.
1.9.1. A classificação obtida pelo candidato aprovado no concurso não gera para si o direito de escolher
a Unidade de seu exercício, ficando essa definição condicionada ao interesse e à conveniência da
Administração da UFBA.
1.9.2. O servidor que não entrar em exercício na Unidade/Órgão definida pela UFBA será exonerado ex
officio.
1.10. A remuneração correspondente à classe, nível de capacitação e padrão iniciais do cargo tem valor
mensal de:
Classe E: R$ 3.868,21(três mil, oitocentos e sessenta e oito reais e vinte e um centavos).
Classe E: R$ 7.736,42 (Sete mil, setecentos e trinta e seis reais e quarenta e dois centavos); para os
cargos de Médico Veterinário/Área de Alimentos e Médico Veterinário/Clínica Médica
Veterinária de Animais Selvagens, Silvestres e Exóticos, em virtude da alteração da carga
horária de 20 horas para 40 horas.
Classe D: R$ 2.294,81 (dois mil, duzentos e noventa e quatro reais e oitenta e um centavos).
Classe C: R$ 1.834,69 (Um mil, oitocentos e trinta e quatro reais e sessenta e nove centavos).
1.10.1. O servidor poderá fazer jus aos percentuais de incentivo à qualificação e à capacitação, na forma
da Lei nº 11.091/2005, alterada pelos Anexos XVI e XVII da Lei 12.772/2012.
2. Do Pedido de Isenção do Pagamento da Taxa de Inscrição
2.1. Somente se concederá isenção do pagamento dos valores estabelecidos no item 3.5 aos candidatos

9
amparados pelos Decretos nos 6.135/2007 e 6.593/2008, que estejam regularmente inscritos no Cadastro
Único para Programas Sociais do Governo Federal, com número do NIS.
2.2. O candidato deve requerer a isenção do pagamento da taxa de inscrição no período de 13/04 a
20/04/2017, pela internet, devendo acessar no endereço www.concursos.ufba.br, a Norma
Complementar a ser publicada após a contratação da empresa vencedora da licitação.
2.3. Os pedidos de isenção do pagamento da taxa de inscrição deferidos serão divulgados conforme Norma
Complementar até o dia 28/04/2017.
2.3.1. O órgão gestor do CadÚnico será consultado, para verificar a veracidade das informações
prestadas pelo candidato.
2.3.2. A declaração falsa sujeitará o candidato às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o
disposto no parágrafo único do Art. 10 do Decreto nº 83.936, de 6 de setembro de 1979.
 2.4. Para que o candidato não tenha sua solicitação indeferida, é necessário que ele informe os dados
cadastrais exatamente como estão no Cadastro Único.
2.4.1. Quaisquer inconsistências cadastrais podem interferir no processo de isenção. Caso o cadastro do
candidato esteja com dados incorretos, ele deve primeiro realizar atualização cadastral, para
depois solicitar a isenção de pagamento.
2.5. Os candidatos que tiverem seu pedido de isenção indeferido deverão consultar a Norma Complementar
no endereço www.concursos.ufba.br e efetuar o pagamento até o dia 17/05/2017, de acordo com o
item 3 deste Edital.
2.5.1. O candidato que não tiver o seu pedido de isenção deferido e que não efetuar o pagamento da
Taxa de Inscrição na forma e no prazo estabelecidos no subitem 2.5 estará automaticamente
excluído do Concurso Público.
2.6. Nos dias 02 e 03/05/2017, o candidato poderá contestar o indeferimento, conforme critérios
estabelecidos em Norma Complementar.
2.7. A CONCESSÃO DA ISENÇÃO DO PAGAMENTO DA INSCRIÇÃO NÃO SIGNIFICA
INSCRIÇÃO AUTOMÁTICA NO CONCURSO, devendo o candidato isento requerer a sua inscrição
no Concurso, atendendo ao estabelecido no item 3, a seguir.

3. Do Pedido de Inscrição
3.1. A inscrição do candidato no Concurso implica conhecimento e aceitação tácita das condições
estabelecidas neste Edital, das instruções e das demais informações a serem divulgadas em Norma
Complementar, no endereço www.concursos.ufba.br, das quais o candidato não poderá alegar
desconhecimento.
3.2. No pedido de inscrição, o candidato fará a opção pelo campus de lotação, Salvador ou Vitória da
Conquista.
3.2.1. O candidato também deverá optar pela cidade onde realizará as provas: Salvador ou Vitória da
Conquista.
3.3. O candidato só pode concorrer a um único cargo.
3.4. O candidato deve requerer sua inscrição no período de 13/04 a 16/05/2017, pela internet, devendo:
a) Acessar a Norma Complementar, no endereço www.concursos.ufba.br.
b) Efetuar o pagamento do valor da inscrição (item 3.5), preferencialmente em qualquer agência do
Banco do Brasil, até o dia 17/05/2017. O comprovante de agendamento ou programação de
pagamento não tem validade para comprovar o pagamento da taxa de inscrição.
3.5. Valor da taxa de inscrição:
Classe E: R$ 100,00 (cem reais);
Classe D: R$ 80,00 (oitenta reais);

10
Classe C: R$ 60,00 (sessenta reais).
3.6. Não haverá, em nenhuma hipótese, devolução dos valores pagos, salvo em caso de cancelamento do
Concurso, ou por motivo de força maior.
3.7. Os dados cadastrais informados no ato da inscrição e o pagamento do valor da inscrição são de
responsabilidade exclusiva do candidato, que responderá por eventuais erros ou omissões.
3.8. A UFBA não se responsabiliza por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica
dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de transmissão ou qualquer
fator que impossibilite a transferência de dados.
3.9. A inscrição dos não isentos só se concretiza após o pagamento do valor da inscrição.
3.9.1. Os pedidos de inscrição dos candidatos não isentos, sem o correspondente pagamento da taxa de
inscrição, serão sumariamente indeferidos e excluídos do cadastro de inscritos.
3.10. O documento de identidade indicado no momento da inscrição deverá atender ao estabelecido no item
9.7 deste Edital.
3.11. O candidato que precisar de algum tipo de condição especial para realização das provas, inclusive a
candidata lactante, deve comparecer, pessoalmente ou através de representante, em local e período a
ser divulgado em Norma Complementar, a fim de serem viabilizadas as possíveis condições de
realização das provas. O não comparecimento dispensa a UFBA do provimento de condições
especiais.
3.11.1. Para isso, a candidata lactante deverá apresentar cópia autenticada legível da certidão de
nascimento da criança e levar, no dia de realização das provas, um acompanhante adulto que
ficará em sala reservada e será o responsável pela guarda da criança.
3.11.2. A candidata que não levar acompanhante adulto não poderá permanecer com a criança no local
de realização das provas.
3.11.3. Caso a criança ainda não tenha nascido até a data estabelecida no subitem 3.11 deste edital, a
cópia autenticada da certidão de nascimento poderá ser substituída por cópia legível de um
documento emitido pelo médico obstetra, com o respectivo CRM, que ateste a data provável
do nascimento.
3.11.4. A UFBA não disponibilizará acompanhante para guarda de criança.
3.12. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deve certificar–se de que preenche todos os requisitos
exigidos para a investidura no cargo para o qual pretende concorrer. Uma vez efetivada a inscrição,
não será permitida, em hipótese alguma, a sua alteração.
3.13. Caso o mesmo candidato efetue mais de uma inscrição, será válida apenas aquela com data de
pagamento mais recente (a última paga). Se forem pagas no mesmo dia valerá a última efetuada. As
outras inscrições serão canceladas sem direito a devolução de qualquer valor já pago.
4. Da Confirmação da Inscrição
4.1. A partir de 14/06/2017, o candidato deve obrigatoriamente, obter o CARTÃO INFORMATIVO,
conforme estabelecido em Norma Complementar, utilizando–se do seu número de CPF e da sua senha
de acesso.
4.2. O Cartão Informativo é o único documento que confirma e comprova a efetiva inscrição do candidato no
Concurso, isto é, o deferimento do seu pedido de inscrição. Ele conterá os dados cadastrais do candidato
bem como a indicação do local onde deverá se submeter às provas escritas. A indisponibilidade do
Cartão Informativo significa o indeferimento do pedido de inscrição.
4.3. Ao obter o Cartão Informativo, o candidato deve conferir cuidadosamente os dados nele registrados.
4.4. É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação e localização correta do estabelecimento
escolar onde realizará suas provas, o que deve ser feito com a antecedência necessária.

11
4.5. Caso haja qualquer irregularidade ou divergência no Cartão Informativo, inclusive na condição de
candidato com deficiência, o candidato deve entrar imediatamente em contato com os Postos de
Atendimento, a serem divulgados em Norma Complementar, de preferência pessoalmente, apresentando
a documentação pertinente, até o dia 21/06/2017.
4.5.1. Após 21/06/2017, não será aceita qualquer reclamação.
5. Do Indeferimento do Pedido de Inscrição
5.1. Será indeferido o Requerimento de Inscrição:
a) apresentado extemporaneamente;
b) indevidamente preenchido e/ou remetido, desatendendo às instruções deste Edital;
c) sem o correspondente crédito à UFBA, nas condições, prazo e valores estabelecidos nos itens 3.4 e
3.5 deste Edital, exceto para os candidatos isentos do pagamento da inscrição.
6. Da Pessoa com Deficiência
6.1. 5% das vagas serão reservadas para pessoas com deficiência, na forma do § 2º do Art. 5º da Lei nº
8.112/1990, discriminados, conforme indicado no item 1.1.
6.2. A necessidade especial deverá estar enquadrada entre as categorias discriminadas no Art. 4º do Decreto
nº 3.298/1999 e Súmula 377 do Superior Tribunal de Justiça.
 6.3. O candidato com deficiência deve declarar essa condição no ato da inscrição no Concurso, conforme
instruções em Norma Complementar.
6.4. A PRODEP/UFBA terá a assistência de equipe multiprofissional que dentre suas atribuições, emitirá
parecer observando as informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição, conforme Art. 43 do
Decreto nº 3.298/99.
6.4.1. O candidato portador de deficiência deverá enviar até o último dia de inscrição, para o endereço
constante em Norma Complementar a ser publicada, laudo médico, (original ou cópia
autenticada) atestando o tipo da deficiência, o grau ou nível, com expressa referência ao código
correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, a provável causa da
deficiência, especificando se congênita ou adquirida, se temporária ou permanente.
6.4.1.1. O laudo médico deverá ser digitado em papel timbrado, contendo a razão social da
instituição emitente, CNPJ, endereço completo, nome do responsável para contatos,
telefone, número do registro no Conselho Regional de Medicina do profissional que
assinou o referido laudo.
6.5. O candidato com deficiência, aprovado e classificado no Concurso Público, nos limites estabelecidos no
Anexo II, do Decreto 6.944, será convocado pela empresa a ser contratada, para ser avaliado e ter, ou
não, a sua deficiência comprovada pela Junta Médica do Serviço Médico Universitário Rubens Brasil–
SMURB, por equipe Multiprofissional, antes da homologação do resultado do Concurso. Para tanto,
deverão acompanhar a convocação no endereço www.concursos.ufba.br
6.6. Os candidatos não considerados com deficiência pela Junta Médica, conforme item 6.5, concorrerão às
vagas na ampla concorrência.
7. Das Vagas Reservadas aos Candidatos Negros
7.1. Haverá reserva imediata de 20% (vinte por cento) das vagas para candidatos que se autodeclararem
pretos ou pardos quando o número de vagas por Cargo/Campus, presente neste Edital, for igual ou
superior a 3 (três).
7.1.1. Caso a aplicação do percentual resulte em número fracionado, este será elevado até o primeiro
número inteiro subsequente, em caso de fração igual ou maior que 0,5; ou diminuído para o
número inteiro imediatamente inferior, em caso de fração menor que 0,5, nos termos do § 2º do
artigo 1º da Lei nº 12.990/2014.

12
7.2. Para concorrer às vagas reservadas, o candidato deverá, no ato da inscrição, optar por concorrer às vagas
reservadas aos negros, preenchendo a autodeclaração de que é preto ou pardo, conforme quesito cor ou
raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.
7.3. A autodeclaração terá validade somente para este concurso público.
7.4. As informações prestadas no momento da inscrição são de inteira responsabilidade do candidato,
devendo este responder por qualquer falsidade.
7.4.1. Na hipótese de constatação de declaração falsa, o candidato será eliminado do concurso e, se tiver
sido nomeado, ficará sujeito à anulação da sua admissão ou emprego público, após procedimento
administrativo em que lhe seja assegurado o contraditório e a ampla defesa, sem prejuízo de
outras sanções cabíveis.
7.5. Os candidatos negros concorrerão concomitantemente às vagas reservadas e às vagas destinadas à ampla
concorrência, de acordo com a sua classificação no concurso.
7.5.1. Os candidatos negros aprovados dentro do número de vagas oferecido à ampla concorrência não
preencherão as vagas reservadas a candidatos negros.
7.6. Em caso de desistência de candidato negro aprovado em vaga reservada, a vaga será preenchida pelo
candidato negro posteriormente classificado.
7.6.1. Na hipótese de não haver candidatos negros aprovados em número suficiente para que sejam
ocupadas as vagas reservadas, as vagas remanescentes serão revertidas para ampla concorrência e
serão preenchidas pelos demais candidatos aprovados, observada a ordem de classificação no
concurso.
7.7. A nomeação dos candidatos aprovados respeitará os critérios de alternância e proporcionalidade, que
consideram a relação entre o número total de vagas e o número de vagas reservadas a candidatos com
deficiência e a candidatos negros.
8. Do Processo Seletivo
8.1. O Concurso constará de provas escritas para todos os cargos, exceto para os cargos de Músico/Viola,
Músico/Violino, Músico/Contrabaixo, Músico/Trompa, Músico/Clarineta, bem como de prova
oral/prática, em segunda fase, para os cargos de Biólogo/Microbiologia, Cenotécnico, Médico
Veterinário/Área de Alimentos, Médico Veterinário/Clínica Médica Veterinária de Animais
Selvagens, Silvestres e Exóticos, Restaurador, Técnico de Laboratório/Análises Clínicas (para o
Hospital de Medicina Veterinária), Técnico em Anatomia e Necropsia, Técnico em Anatomia e
Necropsia (para a Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia), Tradutor e Intérprete de
Linguagem de Sinais – Libras. As condições e procedimentos de avaliação dessa prova constam do
Anexo III.
8.2. As provas escritas serão aplicadas conjuntamente, conforme tabela abaixo.
Prova Nº de questões por Classe
 E D C
Português 20 15 15
Administração Pública 15 15 10
Informática Básica* 15 15 10
Conhecimentos Específicos 50 40 30
 Total 100 85 65
 * Para os cargos de Analista de Tecnologia da Informação/ Analista de Negócios,
Analista de Tecnologia da Informação/Analista de Desenvolvimento, Analista de

13
Tecnologia da Informação/Analista de Infraestrutura e Técnico em Tecnologia da
Informação, esta prova será substituída pela prova de Raciocínio Lógico nas mesmas
condições.
8.2.1. As provas escritas para os cargos de nível superior (E) valem 100 pontos, para os cargos de
nível intermediário (D) valem 85 pontos e para os cargos de nível fundamental valem 65
pontos.
8.2.1.1. Para os cargos Biólogo/Microbiologia, Cenotécnico, Médico Veterinário/Área de
Alimentos, Médico Veterinário/Clínica Médica Veterinária de Animais Selvagens,
Silvestres e Exóticos, Restaurador, Técnico de Laboratório/Análises Clínicas (para o
Hospital de Medicina Veterinária), Técnico em Anatomia e Necropsia, Técnico em
Anatomia e Necropsia (para a Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia), Tradutor
e Intérprete de Linguagem de Sinais – Libras, além da prova escrita será realizada
uma prova oral/ prática valendo 100 pontos, nas condições estabelecidas no item 9.2 e
no Anexo III deste Edital, perfazendo um total de 200 pontos (nível superior) e 185
pontos (nível médio).
8.2.1.2. Os cargos de Músico/Viola, Músico/Violino, Músico/Contrabaixo, Músico/Trompa,
Músico/Clarineta não realizarão prova escrita. As condições para a realização das
provas orais/práticas para esses cargos encontram estabelecidas no Anexo IV deste
Edital.
8.3. As provas de Português, Administração Pública e Informática Básica são iguais para todos os cargos da
mesma classe (E, D, C), exceto para os cargos de Analista de Tecnologia da Informação/ Analista de
Negócios, Analista de Tecnologia da Informação/Analista de Desenvolvimento, Analista de Tecnologia
da Informação/Analista de Infraestrutura e Técnico em Tecnologia da Informação, que será substituída
pela prova de Raciocínio Lógico.
8.3.1. A Prova de Conhecimentos Específicos é própria de cada cargo, conforme consta no item 1.1
deste Edital.
8.4. Cada prova escrita consta de questões objetivas de proposição simples. Cada questão só pode ser
verdadeira (V) ou falsa (F).
8.5. Cada questão da Prova escrita vale 1 (um) ponto. Se o candidato acertar, seu escore é 1 (um); se errar é
– 0,75 (menos setenta e cinco centésimos); se deixar em branco ou fizer marcação dupla ou indevida, o
escore é 0 (zero).
8.6. O escore de cada prova escrita é a soma algébrica dos acertos e erros (acertos menos erros), com valor
mínimo de zero ponto.
8.7. Eventuais questões anuladas, por qualquer motivo, serão consideradas como acerto, para todos os
candidatos indistintamente.
8.8. O escore global de classificação é constituído da soma dos escores obtidos por cada candidato nas
provas escritas realizadas, conforme item 8.6, no valor máximo igual ao total indicado na tabela, item
8.2.
8.8.1. Para os cargos com prova oral/prática, o escore global de classificação é constituído da soma dos
escores obtidos na Prova Escrita mais o escore obtido na Prova oral/prática por cada candidato.
 8.9. Será eliminado do Concurso o candidato que:
a) estiver ausente do local de prova, no dia e horário determinados para comparecimento;
b) obtiver escore igual a zero ponto, em qualquer prova;
c) entregar em branco ou não adequadamente preenchida a Folha de Respostas, ou a parte dela
correspondente a todas as questões de uma prova, sendo-lhe atribuído zero ponto;
d) não devolver integralmente o material de prova, em especial a Folha de Respostas, sendo-lhe
atribuído zero ponto;
e) comunicar-se ou tentar comunicar-se com qualquer outra pessoa, à exceção dos aplicadores das
provas, por qualquer meio e sobre qualquer assunto, sendo-lhe atribuído zero ponto;

14
f) tiver comportamento ímprobo ou incompatível com o decoro e a ordem dos trabalhos, conforme
ocorrência registrada pelos agentes aplicadores das provas, sendo-lhe atribuído zero ponto;
g) estiver portando qualquer um dos objetos abaixo nomeados, ou similares, sendo-lhe atribuído zero
ponto:
I. Aparelho eletrônico de qualquer natureza, ainda que desligado ou fora de uso, especialmente:
telefone celular; computador de mão, inclusive palmtop; fone de ouvido; calculadora; relógio
digital; etc.
II. Corretor líquido, apostila, livro, folha escrita e/ou pequenos papéis com anotações, sobre
assuntos relacionados às provas, ainda que não consultados ou utilizados;
III. Óculos escuros, chapéu, boné, viseira, lenço de cabelo, cachecol, etc. (os cabelos e as orelhas do
candidato devem estar sempre visíveis);
IV. Arma de qualquer natureza;
h) obtiver escore inferior a 25% do valor da prova de Conhecimentos Específicos;
i) obtiver escore inferior a 60 pontos na prova oral/prática.
j) obtiver escore global de classificação inferior a 20% do seu valor máximo.
8.10. A correção das provas objetivas é realizada por processamento eletrônico; portanto, são consideradas
somente as respostas registradas adequadamente na Folha de Respostas.
8.11. Os candidatos não eliminados nos termos do item 8.9 são classificados em ordem decrescente do
escore global.
8.12. Havendo empate no escore global, tem prioridade, sucessivamente, o candidato com maior:
a) idade, computada em anos, meses e dias, desde que igual ou superior a 60 anos, no dia 16/07/2017,
conforme o parágrafo único, do Art. 27 da Lei nº 10.741/2003.
b) pontuação, sucessivamente, nas provas de: Conhecimentos Específicos, Prova oral/prática,
Português e Informática Básica ou Raciocínio Lógico, conforme o caso.
c) idade, computada em anos, meses e dias.
8.13. Os candidatos eliminados nos termos do item 8.9 bem como os candidatos reprovados nos termos do
item 8.17 não podem ser selecionados nem convocados para posse, no presente Concurso Público,
mesmo que restem vagas não preenchidas e ainda disponíveis.
8.14. Serão selecionados para ocuparem os cargos os candidatos mais bem classificados conforme itens 8.11
a 8.12, até o limite do número de vagas oferecido, como consta no item 1.1 deste Edital.
8.15. São considerados aprovados mas não selecionados (homologados) os candidatos classificados
conforme itens 8.11 e 8.12 anteriores, nos termos do Art. 16 do Decreto nº 6.944/09.
8.16. No caso do item anterior, havendo empate no escore global do último aprovado, são também
considerados aprovados mas não selecionados (homologados) todos os candidatos assim empatados,
mantida a ordem de classificação (itens 8.11 e 8.12) para efeito de eventual nomeação.
8.17. Os candidatos que não forem selecionados nem aprovados, nos termos dos itens 8.14 a 8.16, são
considerados reprovados no presente Concurso Público.
09. Da Realização das Provas
9.1. As provas escritas serão realizadas no dia 16/07/2017, nas cidades de Salvador e de Vitória da
Conquista, das 13h10 às 17h10, incluído o tempo de preenchimento da Folha de Respostas.
9.2. A prova oral/prática será realizada, em segunda fase, nas condições e sobre os Conteúdos Programáticos
estabelecidos no Anexo III.
9.2.1. O candidato ausente às provas escritas (item 9.1) está automaticamente eliminado deste Concurso
Público e não poderá submeter-se à prova oral/prática referida no subitem anterior.
9.2.2. Serão submetidos à prova oral/prática todos os candidatos não eliminados na prova escrita.
9.2.3. A prova oral/prática será gravada em áudio ou áudio e vídeo para efeito de registro.

15
9.2.4. A relação dos candidatos classificados e o escalonamento para a prova oral/prática serão
divulgados quando da publicação do resultado da prova escrita.
9.3. Em hipótese alguma, as provas serão aplicadas fora do local predeterminado.
9.3.1. Fica o candidato, desde já, convocado a comparecer no local de realização das provas escritas,
indicado no Cartão Informativo (item 4) munido do documento original de identidade com o qual
se inscreveu, do Cartão Informativo e de caneta esferográfica de tinta preta.
9.4. Para as provas escritas, os portões serão abertos às 12h30min e fechados, impreterivelmente, às 13h00.
9.5. Não será permitido, em hipótese alguma, o ingresso de candidato no local de realização das provas, após
o fechamento dos portões.
9.6. O acesso aos estabelecimentos é exclusivo para os candidatos. Eventuais acompanhantes deverão
permanecer do lado de fora dos portões. Uma vez fechados, os portões só serão reabertos depois das 15
horas e, até esse horário, ninguém pode entrar ou sair do estabelecimento, a não ser autoridades da
UFBA e da empresa a ser contratada, que estejam executando ou fiscalizando os trabalhos.
9.7. São aceitos como documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas
Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros
Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos
etc.); carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade;
carteira de trabalho (modelo novo); e carteira nacional de habilitação (modelo novo).
9.7.1. Não são aceitos como documento de identidade:
a) certidão de nascimento;
b) documento de quitação com o serviço militar;
c) CPF;
d) título de eleitor;
e) carteiras de estudante;
f) crachás;
g) documento ilegível, rasurado ou danificado;
h) documento que não permita identificar claramente o portador, pela fotografia;
i) documento cujo nome do portador não coincida com o que consta na relação de inscritos no
Concurso;
j) documento cujo número não coincida com o número constante na relação de inscritos no
Concurso;
k) cópia do documento de identidade, ainda que autenticada;
l) protocolo de solicitação de emissão de documento de identidade.
9.8. O candidato que não apresentar documento oficial de identidade não realizará a prova.
9.8.1. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar documento oficial de identidade, por motivo
de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que comprove o registro do fato em
órgão policial, expedido no máximo há 30 (trinta) dias antes do dia da prova, sendo o candidato
submetido à identificação especial.
9.9. São de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos eventualmente advindos da má utilização,
preenchimento indevido ou não devolução da Folha de Respostas, a qual não poderá ser substituída,
salvo em situações excepcionais, a critério exclusivo da Coordenação dos trabalhos.
9.10. O candidato só poderá retirar-se da sala após duas horas do início da prova e depois da assinar a lista
de presença. O Caderno de Questões só poderá ser levado após as 16 horas.
9.11. Não há segunda chamada para a realização de provas nem vistas à Folha de Respostas nem revisão de
resultados.
9.12. A divulgação do gabarito das provas será feita em até 48 horas, após sua aplicação.

16
10. Dos Recursos
 10.1. Nos dias 17 e 18/07/2017, o candidato pode interpor um único recurso relativamente ao gabarito
divulgado ou ao conteúdo das questões das provas escritas, indicando, com precisão, a questão ou as
questões a serem revisadas, em modelo constante em Norma Complementar a ser publicada no
endereço www.concursos.ufba.br.
10.2. Os recursos devem estar devidamente fundamentados em seus argumentos.
10.3. Os recursos devem ser entregues em local a ser divulgado em Norma Complementar.
11. Dos Resultados
11.1. O resultado das provas escritas será divulgado na internet no site www.concursos.ufba.br, até o dia
15/08/2017.
11.2. O Resultado do Concurso será divulgado em uma lista onde constará a classificação geral de todos os
candidatos selecionados e aprovados, especificando, quando for o caso, a classificação dos candidatos
que concorreram às vagas reservadas para pretos ou pardos e pessoas com deficiência.
11.3. A homologação do resultado final do Concurso será feita pela CDH/UFBA e publicada no Diário
Oficial da União.
12. Dos Requisitos Básicos para a Investidura nos Cargos
 12.1. O candidato deverá:
 a) ter sido aprovado no Concurso Público, na forma estabelecida neste Edital;
 b) ser brasileiro nato ou naturalizado ou ainda, no caso de estrangeiro, estar em situação regular no
país, por intermédio de visto permanente que o habilite inclusive a trabalhar no território nacional.
No caso de ter nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre
brasileiros e portugueses, nos termos do § 1º do At. 12 da Constituição Federal.
 c) ter idade mínima de 18 anos completos, na data da posse;
 d) ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
 e) não acumular cargos, empregos e funções públicas, exceto aqueles permitidos pela Constituição
Federal assegurada a hipótese de opção dentro do prazo para posse, previsto no §1º do art.13 da Lei n°
8.112/1990;
 f) estar em dia com as obrigações eleitorais;
 g) estar quite com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino;
 h) estar em gozo dos direitos políticos;
 i) apresentar, na data da posse, a documentação necessária à comprovação do atendimento aos
requisitos mínimos constantes do item 1.1 deste Edital;
 j) apresentar titulação fornecida por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação
(MEC), devidamente registrada.
 k) não ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade incompatível com a investidura em
cargo público federal, prevista no art. 137 da Lei nº 8.112/1990;
 l) apresentar a documentação constante da relação “Documentos para Posse”, publicada no endereço
eletrônico www.concursos.ufba.br.
13. Da Nomeação e Posse
 13.1. Os candidatos selecionados, constantes da portaria de homologação, serão nomeados para a Classe,
Nível de Capacitação e Padrão iniciais do cargo para o qual concorreu, mediante Portaria expedida

17
pela Reitora da UFBA e publicada no Diário Oficial da União, consideradas as vagas existentes,
segundo rigorosa ordem de classificação.
 13.2. A qualquer tempo poderão ser anuladas a inscrição, as provas, a nomeação e a posse do candidato,
desde que verificada a falsidade em qualquer declaração prestada e/ou qualquer irregularidade nas provas ou em
documentos apresentados.
 13.3. Somente poderá ser empossado o candidato nomeado que for julgado apto física e mentalmente para o
exercício do cargo, na inspeção de saúde realizada pelo Serviço Médico Universitário Rubens Brasil/UFBA, de
caráter eliminatório.
13.4. Atendendo às necessidades da Administração e dentro do prazo de validade do Concurso, os
candidatos serão convocados para inspeção médica, através do site de concurso da UFBA.
13.5. Ao comparecer à inspeção de saúde para realização da avaliação clínica, psicológica e funcional, o
candidato deverá apresentar os seguintes exames complementares:
a) para todos os candidatos: hemograma completo, glicemia de jejum, colesterol total e frações,
uréia, creatinina, sumário de urina; triglicerídeos, TGO, TGP, Gama GT, VDRL e exame
oftalmológico completo;
b) para as candidatas do sexo feminino, apresentar também: ultrassonografia pélvica e exame
preventivo ginecológico;
c) para os candidatos acima de quarenta anos, apresentar também: PSA para os candidatos do sexo
masculino; mamografia e ultrassonografia das mamas para os candidatos do sexo feminino e
ECG para ambos os sexos.
d) para os candidatos da área de saúde, acrescentar Anti-HBs, AgHBs, Anti HCV e RX de Tórax.
13.6. Os exames hematológicos, oftalmológico, ECG, preventivo ginecológico, ultrassonografia pélvica,
devem ter sido realizados até 30 (trinta) dias antes da data do comparecimento ao SMURB, para
realização da Perícia Médica. Os exames de imagem serão aceitos com até 90 dias da sua realização.
13.7. Durante a inspeção de saúde, poderão ser solicitados outros exames complementares, na dependência
da necessidade de esclarecimento diagnóstico, a critério da equipe de avaliação médica.
13.8. O candidato cuja nomeação tiver sido publicada no DOU deverá tomar posse no prazo de 30 (trinta)
dias, contados da publicação do ato de sua nomeação.
13.9. O candidato nomeado que não tomar posse no prazo estipulado terá sua nomeação tornada sem
efeito.
13.10. Após a posse, o servidor que não entrar em exercício, em até 15 (quinze) dias, será exonerado ex
officio.
13.11. O candidato passará por um treinamento introdutório a ser realizado pela Pró-Reitoria de
Desenvolvimento de Pessoas – PRODEP, na cidade de Salvador-Ba, em período a ser previamente
informado.
13.12. Os gastos com permanência tais como estadia, deslocamento, alimentação e outros, no período do
treinamento introdutório, correrão exclusivamente às expensas do servidor.
13.13. O candidato aprovado, homologado, nomeado e empossado, logo, servidor, poderá ser removido
e/ou redistribuído nos termos dos arts. 36 e 37 da Lei 8.112/90, com a nova redação dada pela Lei
nº 9.527/97, no interesse da Administração.
14. Das Disposições Finais
14.1. Durante o período de validade do Concurso, a UFBA reserva-se o direito de proceder às nomeações
em número que atenda ao interesse e às necessidades do serviço, de acordo com a disponibilidade
orçamentária e até o número de vagas existentes.
14.2. O prazo de validade do Concurso é de 1 (um) ano, contado a partir da publicação da sua

18
homologação no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da
UFBA, nos termos do Decreto nº 6.944/2009.
14.3. Não será fornecido ao candidato qualquer documento comprobatório de aprovação, classificação e/ou
notas, valendo para tal fim a homologação do resultado final do Concurso publicada no Diário
Oficial da União, bem como o Boletim de Desempenho Individual.
14.4. A atualização do endereço indicado no Requerimento de Inscrição e o atendimento às convocações
feitas pelo CDH/PRODEP, desde o momento da inscrição até o momento da posse, é de
responsabilidade exclusiva do candidato.
14.5. Os candidatos aprovados e homologados poderão acompanhar as informações sobre a homologação,
convocação, nomeação e prorrogação do seu Concurso. Para isso, deverão acessar o endereço
www.sipweb.ufba.br, clicar em “ENTRAR”, selecionar “HISTÓRICO SIMPLIFICADO DO
CONCURSO”, depois “RELATÓRIO”. O acesso poderá ser feito pelo CPF do candidato ou
selecionando-se o Concurso.
14.5.1. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar as publicações de todos os atos,
editais, comunicados, retificações, convocações e nomeações referentes a este Concurso
Público que venham a ser feitas no Diário Oficial da União e/ou divulgados na internet, no
endereço www.concursos.ufba.br
14.6. A UFBA poderá, a seu exclusivo critério e obedecendo às normas legais pertinentes, admitir
candidatos homologados em concursos públicos e não nomeados, de outras Instituições de Ensino
Superior, que teriam exercício nas mesmas localidades da UFBA, bem como ceder a essas
Instituições candidatos homologados e não nomeados, nos termos deste Edital.
14.6.1. Para a concretização das admissões constantes deste item, deverá a Instituição interessada
formalizar a requisição e a Instituição cedente registrar documentalmente seu aceite, após
ouvido o candidato.
14.7. Na hipótese do surgimento de vaga no mesmo cargo, porém em Campus diverso para o qual foi
classificado o candidato, este poderá vir a ser nomeado para o novo Campus, unicamente no
interesse da Administração. No caso de o candidato não aceitar a nomeação, deverá formalizar
desistência à vaga, a fim de permanecer na lista de classificados.
14.8. Os casos omissos serão resolvidos pela CDH/PRODEP/UFBA.
14.9. A íntegra deste Edital e outras informações pertinentes estão disponíveis nos endereços www.ufba.br
e www.concursos.ufba.br, onde são publicados todos os atos oficiais referentes ao presente
Concurso Público.
14.10. Os Anexos II e III serão publicados no endereço eletrônico www.concursos.ufba.br, em data
oportuna.
14.11. A Norma Complementar citada neste Edital será publicada no endereço www.concursos.ufba.br ,
após a assinatura do contrato com a empresa vencedora da licitação, em data anterior à abertura das
inscrições.
Salvador, 22 de dezembro de 2016.
JOÃO CARLOS SALLES PIRES DA SILVA
Reitor

Veja também

0 comentários

Deixem seu comentário , sugestões e link do blog que terei prazer em prestigiar .

Sherry London

Sherry London
Para noivas , debutantes e formandas

Popular Posts